Palácio e Jardins de Schönbrunn

Palácio de Schönbrunn desde os jardins, Viena, Áustria.
Uma das atividades essenciais a fazer em Viena é sem dúvida a visita ao palácio e jardins de Schönbrunn, o local de veraneio da família imperial, declarado em 1996 como Património Mundial da UNESCO.

Selfie em Schönbrunn
Desde o centro de Viena é fácil chegar este palácio utilizando a linha U4 e a estação homónima. O ideal é que compres as entrada através da web oficial do palácio, podendo assim organizar-te. O Grand Tour (17,50€/2018) permite conhecer todas as zonas abertas ao público do palácio, passando pelas 40 salas auxiliado por um audioguia. 

O palácio, tal qual o podemos desfrutar hoje em dia, corresponde às obras realizadas em 1743 por iniciativa da imperatriz Maria Teresa de Áustria, que transformou no centro da vida política e social de Viena. Mas a história deste local remonta ao século XVI quando Maximiliano II o transforma em tapada de caça.

Tocador da imperatriz Sissi, Palácio de Schönbrunn, Viena, Áustra.
As paredes deste palácio barroco assistiram às alegrias (poucas) e desgraças de Isabel da Baviera, a bela Sissi. A imperatriz refugiava-se neste palácio para fugir às influências da corte, chorar a morte do filho e entregar-se à bulimia na busca desesperada da beleza que encantou toda a Europa.

Depois ou antes de entrar no palácio podes passear dos seus jardins, exclusive da orangerie, um passeio pelos vários jardins e a subida à glorieta desde a fonte de Neptuno.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.